Foto: Divulgação PMPB

Sete armas de fogo são apreendidas em ação conjunta das Polícias Militares da PB e CE

Uma ação conjunta das Polícias Militares da Paraíba e do Ceará resultou na apreensão de sete armas de fogo, entre espingardas e um rifle calibre 44. Dois suspeitos que estavam com o armamento foram capturados durante as diligências, que iniciaram em Ipaumirim, no Ceará, e tiveram desfecho no município de Cachoeira dos Índios, na Paraíba. Equipes da Companhia de Operações de Divisas (COD) pertencente ao Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) do Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) da PMCE e da Patrulha Rural do 6º Batalhão da PMPB (Cajazeiras) participaram da ação.

Os policiais militares iniciaram as diligências com o objetivo de capturar suspeitos com mandados de prisão em aberto no Ceará e envolvidos em uma troca de tiros com policiais paraibanos, na semana passada, na divisa entre os dois estados. Nas primeiras horas da manhã dessa quinta-feira (18), a ação começou em Ipaumirim (CE). Em um endereço mencionado no mandado judicial, os policiais identificaram o primeiro alvo.

Era um suspeito de 25 anos, paraibano de Santa Helena. Contra ele, tinha dois mandados de prisão em aberto expedidos pela Justiça do Ceará, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo majorado e associação criminosa, além de um mandado da Justiça paraibana por homicídio qualificado, expedido na última segunda-feira (15). Ele apontou o local das armas que teriam sido utilizadas na troca de tiros com os policiais paraibanos.

Foi então que o segundo suspeito, de 37 anos, foi identificado e as armas foram localizadas, já no município de Cachoeira dos Índios (PB). Ele apontou um sítio onde os policiais encontraram quatro espingardas artesanais, outras duas espingardas, sendo uma de calibre 12 e outra de 32, um rifle calibre 44, 20 cartuchos calibre 32, duas munições de calibre 38 e 280 gramas de maconha. O material foi encontrado tanto enterrado na propriedade como numa casa abandonada no terreno.

Diante das circunstâncias encontradas, os PMs do Ceará e da Paraíba levaram a dupla para a realização do procedimento policial na delegacia de Polícia Civil, em Cajazeiras.

Capturas após troca de tiros

Após passarem 24 horas ininterruptas em buscas pelo grupo suspeito de trocar tiros com a Polícia Militar e a Polícia Civil da Paraíba, no dia 10 de junho, equipes do 6º Batalhão da Polícia Militar e da 6ª Companhia do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) capturaram cinco integrantes do grupo, sendo dois adultos e três adolescentes de 15 e 16 anos, no dia 11. As capturas aconteceram em Cachoeira dos Índios, cidade do sertão paraibano.

Da redação com PMPB

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*