Por unanimidade, TRF-4 mantém condenação de Lula no caso do sítio de Atibaia

© Getty Images

 

Os desembargadores da Oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) mantiveram a condenação do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia. O relator da Lava Jato no TRF-4, João Pedro Gebran Neto, votou pelo aumento da sentença para 17 anos, um mês e 10 dias. Os desembargadores Leandro Paulsen e Eduardo Thompson Flores Luz acompanharam integralmente o voto.

Lula havia sido condenado, em fevereiro de 2019, a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Por unanimidade, o TRF-4 rejeitou os pedidos da defesa para anular a sentença.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Canal Ciências Criminais

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*